O que fazer em Santiago, no Chile: Guia completo!

Santiago é uma das cidades mais famosas da América do Sul e bem conhecida em várias partes do mundo. E é, sem dúvida, uma cidade bem pronta para turismo, principalmente para turistas brasileiros. Vou contar tudinho sobre o que fazer em Santiago, no Chile, nesse guia completo, cheio de dicas para ajudar na sua viagem.

Atualmente a cidade conta com mais de 5 milhões de habitantes, com cidade repleta de histórias, gastronomia, cheia de paisagens lindas. Com certeza você já ouviu falar das  Cordilheiras dos Andes, Santiago fica bem próximo, dependendo da época do ano que você for na cidade, pode contemplar uma vista bem bonita para cordilheiras.

O que fazer em Santiago, no Chile

O que fazer em Santiago, no Chile

Guia completo para o que fazer em Santiago, Chile

Moeda

Uma das dúvidas mais frequentes de quem vai para Santiago, é: “Qual moeda devo levar, real, euro ou dólar?”
A resposta é bem simples: Leve Real.

A moeda oficial do Chile é Peso Chileno. A cotação de novembro de 2019 estava cerca de 1 real por 180 pesos chilenos. Levar dólar ou euro não vale a pena, por conta da cotação dessas moedas, assim, acaba perdendo no câmbio. Porém, se você tiver essas moedas guardadas em casa de outras viagens,vale a pena levar, sim.

A melhor cotação é na Calles Agustinas, sem dúvidas! Existem várias casas de câmbios nessa rua, e são ótimas.

Idioma

Língua oficial do Chile é o Espanhol. Mas em Santiago, consegue se virar bem com o “potunhol”. Eles fazem de tudo para que possamos entender. Se não conseguir, só usar o Google  tradutor, que é sucesso!

Seguro Viagem é obrigatório?

Não. Mas é muito importante viajar com seguro viagem. Nunca se sabe como o seu corpo pode reagir, ou algo que você pode comer e te fazer mal. Não se arrisque, viaje sempre com seguro. Precisar de ir ao médico em um país diferente por conta própria, pode ser tornar uma dor de cabeça e um custo altíssimo.

Abaixo, ofereço 5% de desconto no seu seguro ;)


Seguros Promo

Quanto tempo ficar em Santiago?

Dá para fazer uma viagem de 3 dias para curtir um final de semana e fazer programas mais light. 5 dias, como eu fiquei na primeira vez, consegue conhecer a boa parte da região. 7  a 10 dias consegue explorar muita coisa e fazer vários passeio para fora da cidade.

Locomoção em Santiago

Santiago conta com metrô que te leva para todo o lado. São 7 linhas, porém, a linha vermelha é a que você mais vai usar. Ela liga quase todos os pontos turísticos da cidade. Você ficando hospedado no Centro, dependendo de onde for, consegue fazer até a pé.

A uber ainda não é legalizado em Santiago, por isso, o motorista vai pedir para ir na frente do carro. O aplicativo não funciona no aeroporto e rodoviária, por exemplo. mas, compensa muito andar com Uber. Taxista tem fama de cobrar um valor e no final da corrida cobram o dobro.

Dica de segurança

Apesar de ser cidade segura, acontece muitos furtos. Por isso, é importante andar com bolsas virada para frente e jamais colocar o celular no bolso de trás, evite andar com o aparelho na mão em lugar com bastante aglomeração de pessoas, tá?  E evite deixar bolsas penduradas de qualquer jeito no restaurantes e afins.

Como sair ou ir para aeroporto de Santiago 

ônibus: transporte mais barato, a Centropuerto e Turbus fazem os trajetos. Usei a CentroPuerto para sair do aeroporto. A parada final da CentroPuerto é na estação Los Héroes. A passagem custa $1800 pesos.

Já a Turbus tem parada final na estação de metrô  Universidad de Santiago.O bilhete custa $1800 pesos também.

Uma opção boa também é a trans vip, usei para ir até ao aeroporto. Peguei o carro compartilhado, que são até 7 passageiros, pagando $7.600 pesos por pessoa, o trajeto. Eles te buscam no endereço e vão pegando as demais pessoas no caminho. A viagem dura cerca de 1 hora. A reserva é feita no site. E tudo muito ok.

Onde se hospedar em Santiago

Airbnb sempre é uma boa opção para quem busca por mais conforto. Normalmente sempre encontramos preços mais acessíveis que hotel em um apartamento todo. O blog O Melhor Mês do Ano conta aqui sobre Airbnb em Santiago: dicas de apartamentos testados.

Nessa viagem, dividi hospedagem entre airbnb e no Hostel Boutique Merced 88, um hostel bem descolado, localizado na região central de Santiago. O Hostel conta com quartos privativos e mistos. Fiquei no quarto compartilhado para 10 pessoas. Cama extremamente confortável. Foi uma das melhores cama que já fiquei em hostel, sério. Tudo bem limpo e organizado, apesar do hostel  bem cheio.

O que fazer em Santiago, no Chile

O Hostel conta com 3 andares, tem ainda um terraço bem bacana para fazer happy hour. Tem espaço reservado para usar computador, sala de jogo, sala de TV, tudo muito amplo e limpo.

O Café da manhã é bem básico, contendo duas ou 3 opções de frutas, pães, geleias, manteiga, café, ovos, sucrilhos, chás e leite.

O Merced 88 está numa região muito boa, perto de absolutamente tudo, fora que tem nota 8,9 no booking. O atendimento é bem cordial, todos os funcionários são bem educados e estão dispostos a ajudar.

O que fazer em Santiago, no Chile (9)

 

 

 

Roteiro de Santiago, Chile

A região metropolitana de Santiago conta com atrações de todos os tipos e gostos. Tem opção de Neve, praias, mirantes, parques, vinícolas, etc. O meu roteiro de Santiago, Chile foram de 5 dias inteiro. Nessa nossa viagem não deu tempo de conhecer vinícola, mas o blog Mochilão Barato, fez deu dicas de quais vinícolas visitar em Santiago.

O que fazer em Santiago, no Chile

O que fazer em Santiago, no Chile

Dia 1 – Vinã del Mar e Valparaíso

Fiz o passeio com Agência Viaja Brasil, especializada em Turistas Brasileiros. O tour dura o dia todo. A primeira parada é em Museo la Sebastiana, que foi poeta do país. O local fica na parte alta de Valparaíso. Depois, o guia vai contando mais sobre a região. E fazemos um tour pela comunidade, conhecendo becos e ruelas, vendo a vida de verdade por lá. Tem vários cantinhos legais para fotos.

Mas o ponto alto mesmo é em Vinã del Mar. Principalmente, na Caleta Portales, uma praia que leões marinhos ficam. É coisa mais linda de ver!

A parada final é para almoço, que não está incluso no pacote. O passeio é bem interessante e vale, caso você fique pelo menos 5 dias em Santiago.

O que fazer em Santiago, no Chile

O que fazer em Santiago, no Chile

 

 

Dia 2 – Centro de Santiago

1- La Moneda. Se tiver com tempo, reserve um pouco para conhecer a La Moneda na visita guiada. A sede do governo Chileno conta um pouco da história do país. São 4 tour diários, de segunda à sexta-feira. O Passeio é gratuito, precisando deixar agendado no site. Na La Moeda que acontece a troca de guardas um dia sim e outro não.

2- Plaza de Armas – É a principal praça de Santiago. E é ali que está o famoso letreiro da cidade.

3-  Catedral Metropolitana do Chile – Fica na Plaza de Armas, é uma igreja enorme, possuindo decoração das mais diversas formas da Arte Sacra. Ainda possui túmulos de personagens importantes do país.

4- Calle da Bandera – É a rua mais colorida e instagramável  que eu conheço. Reserve um tempinho para andar e tirar fotos. Mas já adianto que é bastante cheia durante todo o dia, então tenha calma para fazer fotos.

5 – Mercado Central – Não deixe de conhecer o famoso mercado. Não é tão grande, mas tem muita coisa local e  interessante conhecer. Fuja do almoço. Horário com bastante gente, fora que preços são exorbitantes.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Capixaba na Estrada (@capixabanaestrada) em

 

Dia 3 – Mirantes

É dia de ver a cidade do alto. E ô, são programas bem legais para o que fazer em Santiago, viu?

1- Cerro de Santa Lucía – é um dos programas mais famosos da cidade. É um parque no centro da cidade, que conta com várias atrações, sendo os mirantes os mais famosos pelos turistas. Entrada gratuita.

2- Cerro San Cristóbal–  É onde estão os famosos teleféricos, O ticket de ida e volta custa $ 2.510 pesos.

3- Sky Costanera – É o prédio mais alto da América Latina. A entrada é um pouco cara, mas compensa! Pegar o pôr do sol pode ser uma alternativa bacana, principalmente para quem deseja fotos mais lindas!

O que fazer em Santiago, no Chile

O que fazer em Santiago, no Chile. Cerro Santa Lucía

 

Dia 4-  Passeio até Cajon del Maipo

Infelizmente  Embalse el yeso está fechado, após acidente com as crianças. A Viaja Brasil está operando passeios para região de San Jose del Maipo para Termas de Colina. As águas brotam da terra e são aquecidas pela atividade vulcânica da região. O passeio tem duração o dia todo. Almoço não está incluído no pacote. É importante levar lancinho leves e água em todos os passeios que forem fazer.

O que fazer em Santiago, no Chile

foto reprodução Viaja Brasil

Dia 5 e 6 – Bate e volta até Mendoza, Argentina

Ouvimos falar bastante do Bate-volta até Mendoza, na Argentina. A viagem é bem famosa por conta das cordilheiras, que sabe ser linda!

Fomos de ônibus pela viação Cata Internacional, onde é possível comprar passagem online (que custa cerca de R$200 ida e volta). E dica: Compre com bastante antecedência, assim você consegue selecionar as primeiras cadeiras do segundo andar, elas tem visão melhor para fora.

Não recomendaria fazer a viagem pela noite, sempre faça de dia. O local onde é feita imigração faz bastante frio. E ficar 1 a 2 horas no meio do frio à noite, não é tarefa fácil. Eu me refiro ao frio congelante, tá?

A viagem é bem legal, eles oferecem dois lanchinhos durante o trajeto, cadeiras confortáveis, tudo ok.

Fiz a viagem em meado de outubro, já não tinha muita neve nas cordilheiras, o que achei ideal. Fazer a viagem no meio do inverno com nevasca não é uma boa ideia, sempre fecham a estrada, ficando horas e até dias, dependendo da nevasca. Sempre veja previsão antes de embarcar.

Faça essa viagem se você tiver bastante tempo, assim você aproveita para conhecer Mendoza por pelo menos 2 dias.

O que fazer em Santiago, no Chile

O que fazer em Santiago, no Chile

 

Nessa viagem para Santiago, contamos com apoio do Hostel Merced 88 e a Agência Viaja Brasil. Toda opinião relatada no texto exprimem a realidade vivida.

Deivson Santana

Capixaba de 26 anos, ama o Espírito Santo, mas adora desbravar lugares novos. É o tipo de viajante de gosta de conforto e luxo, como um bom taurino. Está no instagram como @deivsantana e @capixabanaestrada

4 Resultados

  1. Dayanne disse:

    Nunca mais na vida viajo sem seguro. Haha

  2. Camila disse:

    Ahhhhh faltou mais dias em Santiago :) na próxima vez a gente combina direitinho e eu te levo pra conhecer uns lugares legais fora do turístico :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *